quarta, 20 de janeiro de 2021

Saúde

Neurociência comprova a importância da educação infantil

O cérebro reage em função das interações com o novo ambiente e das experiências trocadas com as pessoas

11/01/2021 às 14:05:39 | Por: Aline Floresti Comunicação e Marketing

Neurociência comprova a importância da educação infantil

Educação Infantil (Divulgação)

A criança já nasce pronta para aprender. O processo de aprendizagem começa desde os primeiros dias do bebê. O cérebro reage em função das interações com o novo ambiente e das experiências trocadas com as pessoas ao seu redor.


É sabido, pelos estudos avançados da Neurociência, que a criança aprende por meio de bons estímulos, principalmente quando ela vivencia relacionamentos em que haja afeto e vínculo emocional positivo com adultos e com outras crianças. Dessa maneira, vai descobrindo a si mesma juntamente com uma quantidade imensurável de conhecimentos.



O aprendizado sem afeto pode ser difícil e até sofrido. Então, como podemos ajudar a criança a aprender com facilidade e prazer?


Os estímulos necessários para o aprendizado não podem estar distanciados do amor, do respeito, da compreensão e aceitação desse serzinho que tem todo o potencial para evoluir e se tornar um cidadão de bem.


A postura da família é responsável pelos estímulos com amor, como também a escola, na Educação Infantil, que tem o papel importantíssimo de ensinar com amor.


A escola do passado, que priorizava o conteúdo programático, a decoreba, a punição, a disciplina pelo medo e repressão, não existe mais. Os especialistas em educação, agora apoiados pelos estudos científicos, constatam que a criança assustada, com medo, sem interagir afetivamente com os educadores, com os colegas da escola e também com os conteúdos ministrados não aprende realmente.


É por isso que, hoje, com o avanço da Ciência nos entendimentos do funcionamento do cérebro, houve uma renovação da metodologia escolar em todos os seus aspectos. Em especial, as grandes mudanças ocorreram na Educação Infantil, fase inicial e, por isso mesmo, de extrema relevância.


O cérebro infantil aprende foco, limites, disciplina, autoconfiança, e muitos outros valores e virtudes


Com base nas constatações da Neurociência, as aulas para a pequena criança devem ser voltadas para que ela adquira o que se chama “cérebro bem estimulado”, ou seja, todas as atividades precisam ser cuidadosamente planejadas para desenvolver: autoconhecimento, valorização do “eu”, motivação, controle das emoções, foco, respeito e aceitação do outro, convivência harmoniosa, observação e análise crítica, interação com os conteúdos, construção do próprio aprendizado, hábitos saudáveis, noção de limites, entre outras atitudes positivas, que terão impacto para a sua vida toda.


Já ficou provado que a criança que consegue controlar seus impulsos e também esperar para satisfazer seus desejos (como aguardar a sua vez para brincar no escorregador, aguardar para falar, aguardar numa fila para ser atendida) tende a se sair melhor em atividades escolares que envolvem raciocínio lógico e elaboração de textos, sendo capaz de formular melhor as estruturas linguísticas para a exposição dos pensamentos.


Os estados emocional e comportamental influem totalmente no aprendizado, seja de forma negativa, seja de forma positiva. Por isso, o Colégio Piaget sempre considerou as disciplinas curriculares “Orientação Socioemocional” e “Relaxamento”, ministradas semanalmente, como as mais importantes da Educação Infantil, pois permitem que a criança, com equilíbrio, segurança e entendimento do valor da sua atuação na realidade em que vive, sinta-se preparada para fazer as descobertas.


 


Novidade para 2021 - Programação de Meditação do Piaget


E queremos mais para as nossas crianças da Educação Infantil. Por isso, o Colégio Piaget iniciará, neste ano de 2021, aulas do Projeto Soul Mind, que é um Programa de Meditação para crianças pequenas. Novamente, a neurociência colabora com a Educação, recomendando esse método para estimular a sustentação da atenção, o equilíbrio emocional, a capacidade de enfrentar situações desafiadoras e, consequentemente, para aumentar o desempenho escolar e a aprendizagem. Trata-se de atividades lúdicas e atrativas, que proporcionam à criança o bem-estar e o prazer.


 


Proposta do Colégio Piaget


Lilian Cavalaro, Diretora Pedagógica do Colégio Piaget, reforça a importância de aliar a ciência à Educação Infantil "Assim, com o trabalho que já desenvolvemos e com novas técnicas indicadas pela neurociência, a Educação Infantil no Colégio Piaget auxilia a criança a aprender com significação e alegria, mostrando a ela que estudar é prazeroso, pois significa fazer descobertas interessantes todos os dias”, observa.