Acontecendo...

    14/03/2019 -

    As 7 principais dúvidas sobre a Meningite Meningocócica

    A meningite meningocócica é uma doença infecciosa grave que pode matar. A doença esteve em pauta recentemente e isso fez com que houvesse um aumento na procura pelas vacinas no laboratório Delboni Auriemo, laboratório da Dasa. Para sanar as dúvidas de pacientes, a infectologista do Delboni Auriemo, Maria Isabel de Moraes Pinto, especialista em vacinas, preparou o material abaixo com informações úteis sobre o tema.
    De acordo com a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), a meningite é uma doença endêmica no Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, no ano passado, o Brasil registrou mais de mil casos de meningite meningocócica, sendo que 218 evoluíram para morte. Já em 2017, houve 1.138 ocorrências e 266 mortes.
    "A meningite meningocócica é uma doença grave e a sua prevenção é sempre a melhor opção. Ainda assim, vale lembrar que nenhuma vacina garante 100% de proteção. Também reforçamos que, segundo a Secretaria Estadual de Saúde, não há surto de meningite meningocócica em São Paulo", explica a especialista. "Três vacinas estão disponíveis nas unidades de vacinação do Delboni Auriemo e para aplicação das vacinas ACWY e B é necessário pedido médico", completa.

    O que é a meningite?
    A meningite é uma infecção grave que acomete as meninges, membranas que envolvem o sistema nervoso central. Diversos microrganismos tais como bactérias e vírus podem causar meningite, com diferentes graus de gravidade. Entre as bactérias causadoras de meningite está o meningococo, que tem 6 sorogrupos associados à doença: A, B, C, W, Y e X.

    Existe um período do ano que a doença se propaga?
    A infecção causada pelo meningococo é mais frequente nos meses mais frios, mas pode acontecer em qualquer época do ano. Segundo a Fiocruz, a meningite bacteriana é mais frequente no inverno e a viral, no verão.

    Quais os sintomas?
    Pode causar sintomas como febre, dor de cabeça e vômitos. Além disso, podem ocorrer lesões em pele acompanhando o quadro.

    Quais são as vacinas que existem?
    Há vacinas disponíveis para os sorogrupos A, C, W e Y (vacina quadrivalente) e para o sorogrupo B. Para o sorogrupo C está também disponível a vacina meningocócica C conjugada. Apenas a vacina contra a meningite meningocócica C está disponível pelo SUS e, segundo o Ministério da Saúde, ela é a mais frequente entre as meningites bacterianas e responsável por 60% dos casos.

    Quem deve tomar e quando?
    Em crianças menores de 1 ano, a vacina ACWY deve ser administrada em duas ou três doses, dependendo da vacina utilizada. Acima de 12 meses, o esquema é de uma única dose para crianças, adolescentes e adultos. A vacina para o sorogrupo B tem esquema de 3 doses em crianças menores de 1 ano, sendo de duas doses acima de 12 meses para crianças, adolescentes e adultos. São recomendados reforços das vacinas meningocócicas dependendo da idade e do sorogrupo de meningococo. São vacinas inativadas e que fazem parte do calendário vacinal de crianças, adolescentes e adultos dependendo da situação epidemiológica do País.

    Meningite mata?
    O meningococo é transmitido por meio de contato com secreções respiratórias de uma pessoa para outra. Em alguns casos, a bactéria pode não causar nenhum sintoma, enquanto em outros pode levar a quadros infecciosos como meningite e sepse. O risco de óbito nas pessoas que desenvolvem a doença é alto.

    Qual a maior preocupação que devemos ter quanto a essa doença?
    A meningite meningocócica é especialmente preocupante pela rapidez com que os sintomas se instalam mesmo em pessoas previamente sadias e pelo risco elevado de complicações e de óbito.

    Sobre o Delboni Auriemo Medicina Diagnóstica
    O Delboni Auriemo Medicina Diagnóstica, laboratório da Dasa, possui mais de 20 unidades de atendimento em todas as regiões da Grande São Paulo. Ao longo de seus 50 anos de história tornou-se referência no setor, realizando exames laboratoriais e de imagem com qualidade, confiança, credibilidade com um corpo clínico renomado e tecnologia de ponta. Pioneiro e inovador, criou o conceito de atendimento integrado por meio das Megaunidades, que oferecem todos os exames no mesmo local. A marca também oferece vacinas para todas as faixas etárias e atendimento domiciliar.
    No Delboni também é possível realizar exames de genética de última geração pela GeneOne, empresa de medicina genômica que também integra a Dasa e oferece testes para diagnóstico de pré-disposição para síndromes relacionadas com câncer (oncogenética), doenças raras e do coração (cardiogenéticas). Outras informações em: www.delboniauriemo.com.br
    Veja mais »